Zé Maria

← Back to the Portfolio

José Maria Alves da Silva nasceu em Corrego de Santo Antonio, Município de Caraí, MG, no Vale do Jequitinhonha. Ele é filho de Ulisses Pereira Chaves e de Maria José. Sua tataravó já era louceira. Portando ele descende de uma longa linhagem de ceramistas que faziam utilitários como sua mãe, avó, bisavó e tataravó ou de um grande artista como seu pai foi. Ser ceramista é um oficio praticamente tricentenário na família. Com oito anos começou a fazer cavalinhos porque gostava. No começo fazia para brincar. Até que um dia um moço comprou tudo. A partir daí passou a pensa em fazer e vender. Com o tempo foi mudando os temas e a maneira de fazer, mas não sabe explicar como. Por um período de sete anos foi a São Paulo trabalhar na construção civil como pedreiro eletricista. Voltou porque sentiu que tem o dom para ser ceramista. Quando voltou passou a trabalhar melhor, principalmente no acabamento, que antes não achava tão importante e também mudou o modelo das peças. Passou a fazer peças maiores. Acha importante ter um estilo seu, diferente do estilo de Ulisses, mas algumas peças são semelhantes às do seu pai. Se quisesse, acredita, poderia reproduzir o estilo dele, mas acha importante construir o seu próprio. Sente carinho por seu trabalho, por ser uma coisa que vem da família, tem tradição e também sente orgulho. Espera que seus filhos também sejam ceramistas e tenham o seu trabalho mais valorizado do que o dele.

Tamanho: 51 x 25 x 23 cm.

Preço: R$ 850,00.

  • Filed under: Cerâmica